Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Feliz aniversário Diná!



Esta semana a Diná fez um aninho, na realidade 1 aninho e 7 meses mas 1 aninho nesta família, que tem de tudo.
A Diná foi um pedido da filhota (mais um) desta vez ela é que iria adotar um bichinho e depois de muito tempo vendendo latinha finalmente juntou o valor da taxa de adoção e lá fomos nós.
O dia tinha tudo para dar errado quase batemos o carro na entrada do abrigo, tomamos um chá de cadeira de 30 minutos para entrar no abrigo (tempo demais para meu maridovisck).
Quando entramos o aviso foi bem claro, adotem um bebê.
Porém lá dentro havia um bela sialata, dentro do berçário mas que já era bem grandinha, a pessoa que nos acompanhava nos disse que ela tinha sete meses e que há uma regra no abrigo, ao completar 8 meses nenhum gato é doado pois existia um grande número de devoluções de animais por não se adaptarem ou até o pior, muitos sumiam e que o destino daquela seria passar para o lado do gatil da onde ela nunca mais sairia ao completar oito meses.
GOLPE SUJO??!
Não sei.
Mas não precisa nem dizer né.
A sialata Jully virou Diná depois de mais um chá de cadeira de quatro horas para passar pelo veterinário.
Quando chegamos em casa ela foi recebida com latidos dos cães e tapas na cara dos gatos.
Para ajudar com apenas quatro dias em casa pegou uma gripe das bravas que resultou em três dias internada no veterinário, segundo o veterinário isso é comum pois ela era um gato que sempre foi criado em berçário e não estava imune a algumas doenças mesmo vacinada com a v4.
Ufa essa menina é fogo, já chegou aprontando.
Hoje é suportada pelos cães e pelo Michi, odiada pela Madame mas muito amada por mim pela filhota e pelo Maridovisk.
PARABÉNS DINÁ
NÓS TE AMAMOS

Um comentário:

Claudia Vertemati disse...

Esta minha sobrinha é muito gata. Parabéns pelo aniversário gatucha fofa!