Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 30 de abril de 2011

Principe - parte I


Em casa qualquer coisa que se meche-se (escluindo-se as baratas e outras insetos que voem) eram bem vindos, isso nos rendeu salvamentos de vários pombos, lagartas e lagartixas, lógico de cão e gato nem se fala, vira e meche faziamos um resgate, mas esse amor estava iraigado em raizes mais profundas, e para falar do meu Principe tocarei primeiro em um assunto meio estranho, o amor da minha mãe por uma ratazana.
Qual criatura consciente faria amizade com um roedor enorme, cheio de doenças e que só tem uma unica intenção na sua vida, roubar tudo da sua casa? Pois é, a criatura e dona KK minha mãe.
Não sei como tudo começou mas logo a ratona entrava durante o dia em casa e pedia comida na cara dura para minha mãe. A doida dava algum petisco e lá ia a bichona feliz com seu almoço. Na época era muito pequena e não lembro mas minhas tias visitando minha casa tiveram o prazer (ou desprazer )de ver a cena e são testemunhas da minha mãe dessa hitoria nonsense.
Mas como...   
“Todo rato tem rabo longo
Todo rato tem faro esperto
Todo rato curte escuro, lambe restos
Todo rato deixa rastro
Todo rato trai e mente
Todo rato assusta a gente
Todo rato anda em bando
São os ratos, são os ratos, são os ratos
Bem malandros...”    ( RATO - Palavra Cantada )
 
Os vizinhos colocaram veneno, segundo minha mãe, para as camundongos, que eram muitos e se tornaram uma praga, mas a ratona também se alimentou e devido ao seu tamanho não morreu na hora, ela se arrastou até a porta da cozinha onde era costume pedir comida e lá agonizou pedindo ajuda para minha mãe.   

4 comentários:

Gisa disse...

Tenho de confessar que ratos me arrepiam (com exceção dos hamsters que meus filhos já tiveram), mas fiquei com pena da ratona... Beijos

Carol Liôa disse...

ow amiga q historia fofa e triste........ os animais são incriveis né? pois é o mião foi castraso exatamente por causa dos filhotes! saudade dele! bjs

GRAÇA disse...

Não gosto e tenho muito medo ate dos pequenos ,mas quando se tem coração mol e se lê esta historia da ratona ficamos com pena
Beijinho e ronrons da
Kika e Graça

GRAÇA disse...

Aceito tens é que me mandar a foto dele hoje...já!
Ronrons da
Kika